quarta-feira, 7 de outubro de 2020

A mega fraude: Paula Godinho uma advogada sem moral

 

A mega fraude: Paula Godinho uma advogada sem moral






Conhecida por todo o meio judicial e operadores de justiça, como a advogada com maior influência, politica e por jogos pouca ética profissional, por ganhar ações, na maior parte das vezes pela forte influência na sociedade que tem e não por meritocracia profissional, esta advogada sempre usou, sem que houvesse até ao momento provas irrefutáveis, meios obscuros para ganhar quase todos os processos judiciais em, Angola, servindo com grande brio, interesses dos poderosos, principalmente os da Sonangol e dos seus gestores.

Através do aliciamento de oficiais de justiça, juízes, dos advogados que defendiam as outras partes de cada processo judicial e principalmente funcionários dos cartórios judiciais, Ana Paula Godinho, obtinha todas as vantagens necessárias para ganhar os processos.

Finalmente a pseudo ílustre causídica Ana Paula Godinho, pensando ainda que estava no tempo da impunidade e que podia perpetuar os métodos obscuros que praticava no passado, pudesse a continuar a manipular de forma fraudulenta e jogos baixos toda a gente, inclusive colegas de profissão, numa clara violação dos códigos deontológicos.

Factos

Corre uma ação contra o Banco Económico no Tribunal Provincial de Luanda em que a Advogada do referido Banco é a sua Ex. Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Banco, indicada pela pela Lektron e pela Geni em 2015/2016 e que exerceu funções até finais de 2019, altura em que aqueles accionistas entregaram as suas ações a empresa Estatal Sonangol.

.

Divulgue Aqui a Sua notícia

Tel: 935618479


AUTOR DA POSTAGEM

0 komentar:

Postar um comentário

Copyright © 2015-2017 Pandadevulga.com Todos Direitos Reservados-Angola